sábado, 3 de setembro de 2016

Voz do Conclave: Produção Agrícola, 4275 d.A.

A safra da produção agrícola de Havenholm em agosto de 4275 apresentou uma queda em sete dos oito grupos de produtos pesquisados pelo Alto Conclave Arcano, sob ordens diretas de Vossa Majestade, rei Phillipe Balerion.

A comparação foi em relação ao mesmo mês de 4274. Apresentaram diminuição de tonelada a produção de cevada (-48%), trigo (-35,6%), aveia (-25,2%), centeio (-14,2%), uva (-9,4%), batata (-8,7%) e nabo (-5,8%). Somente houve aumento de tonelada na produção de cenouras, embora pouco significativo (+2,3%) - era esperado um aumento de, no mínimo, 20%.

O levantamento do Alto Conclave tem informações mensais sobre previsão e acompanhamento de safras agrícolas, com estimativas de produção, rendimento médio e áreas plantadas e colhidas.

Mesmo com a maior queda, a cevada ainda é o produto com a maior colheita. Em junho, segundo o Alto Conclave, foram produzidas 32 mil toneladas.

Trigo, com 14,2 mil, e aveia, com 9,5 mil, completam as três maiores produções.

Sobre a área plantada, o Alto Conclave revela que o maior crescimento foi registrado para a abóbora, com aumento de 23%. Na contramão, o morango diminuiu bruscamente a área plantada, com uma queda de 72%.

O Alto Conclave explica que a tensão política envolvendo o reino de Midreth afeta gravemente o comércio das safras. Desde a ascensão de Vossa Majestade, rei Taran Balerion, o comércio pelas rotas extra-planares teve uma queda de 612%, em relação ao ano que antecedera sua coroação.

Questionado sobre o declínio nas atividades agrícolas e comerciais, Vossa Eminência, Karl Pouir, o porta-voz do Alto Conclave Arcano, disse ter esperança na resolução pacífica do conflito, além de ter fé que a Taça do Alabastro, no próximo ano, possa animar os mercadores. Quando perguntado sobre a consanguinidade do rei Phillipe para com o governante de Midreth, lorde Pouir disse não estar autorizado a discorrer sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário